terça-feira, 8 de novembro de 2011

Cinco Passos para Instalar e Configurar o Eclipse!

Depois de uma breve introdução sobre Android, agora sim a parte prática e divertida! Vamos instalar o Eclipse e deixá-lo pronto para criar aplicativos para Android.

Serão cinco passos ilustrados bastante fáceis de seguir. Acompanhe.

Primeiro passo: Verificando se você tem a Máquina Virtual Java instalada


Clique em Iniciar, Executar, digite: "cmd" e depois tecle Enter. Na janela do prompt de comando digite "java -version". Se você obtiver uma mensagem como na imagem abaixo significa que a Máquina Virtual não está instalada.

Figura 1: Prompt de comando indicando que a Máquina Virtual Java não está instalada.

Então abra seu navegador na página http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/index.html e baixe o Java Plataform (JDK), como indicado na imagem abaixo.

Figura 2: Link para baixar a Máquina Virtual Java.

Execute o arquivo baixado e vá dando Next. Pronto, agora você já está apto a passar para o próximo passo.

Segundo Passo: Baixando e Instalando o Eclipse


Entre na página www.eclipse.org/downloads e procure pelo link Eclipse Classic (no momento da publicação deste artigo a versão é a 3.7.1). Clique no link de download correspondente a sua versão do Windows (32 ou 64 bit - os computadores mais novos já são em sua maioria 64 bits).



Figura 3: Baixando o Eclipse Classic.

Descompacte o arquivo baixado para alguma pasta. Por exemplo: "C:\eclipse". Nessa mesma pasta, execute o arquivo "eclipse.exe" e em seguida defina o diretório do "workspace", que é onde ficarão armazenados os seus projetos.

Figura 4: Definindo a pasta de trabalho.

Terceiro Passo: Baixando e instalando o Android SDK


Aponte seu navegador para o site http://developer.android.com/sdk/index.html. Baixe a versão indicada abaixo e em seguida execute o instalador.

Figura 5: Baixando o Android SDK.

Ao final da instalação deixe a caixa de seleção marcada e clique em Finish.

Figura 6: Marque a caixa de seleção nesta etapa.

Irá aparecer a janela Android SDK Manager. Selecione então os pacotes das versões do Android para as quais você irá desenvolver. Até a versão 2.2 (FroYo) já há recursos muito bons, como a possibilidade de instalar o aplicativo no cartão de memória. Mas não se preocupe que esta instalação não é definitiva. Caso você precise instalar outros pacotes futuramente será muito simples.

Figura 7: Selecione os pacotes desejados.

Clique em "Install 'x' packages...". Se por acaso aparecer a seguinte mensagem durante a instalação, pode clicar em "Yes".

Figura 8: Mensagem durante a instalação do Android SDK.

Terminado o processo, esse é o fim do passo 3.

Quarto Passo: Instalando o Android ADT Plugin


Abra novamente o Eclipse, clique em Help e depois em "Install New Software...".

Figura 9: Instalando o Android ADT Plugin.

Na tela aberta, clique em Add... e em seguinda digite os seguintes dados: "ADT Plugin" para Nome e "https://dl-ssl.google.com/android/eclipse/" para Localização, como indicado na Figura abaixo.

Figura 10: Digite os dados indicados na figura.
Em seguida marque todos os pacotes que forrem carregados e clique em Next para instalar.

Figura 11: Selecione todos os pacotes do Android ADT Plugin.

Se durante a instalação aparecerem mensagens como mostrado na figura abaixo, pode clicar em OK e seguir em frente.

Figura 12: Clique em OK para prosseguir a instalação.

Após o término desse processo, o programa pedirá para reiniciar o Eclipse SDK. Clique em Restart Now para garantir que as alterações tenham efeito. Após o reinício do Eclipse, ele pedirá para você definir a localização do Android SDK. Se você seguiu certinho os passos acima, a localização deve ser "C:\Arquivos de programas\Android\android-sdk" (Windows XP) ou "C:\Program Files (x86)\Android\android-sdk" (Windows 7), como na figura abaixo.

Figura 13: Defina a localização do Android SDK no Eclipse.
Após clicar em Next, o Eclipse perguntará se você deseja enviar estatísticas de uso para o Google. Faça sua escolha e clique em Finish. Depois disso você está pronto para criar o primeiro emulador Android.

Quinto Passo: Criando um Emulador Android


Já dentro do Eclipse, clique no menu Window, e em seguida abra a opção AVD Manager. Depois clique em New.

Figura 14: Criando o primeiro Android Virtual Device.

Esta é a janela onde você definirá as configurações do seu Android Virtual. Defina um Nome, a versão do Android e o tamanho do cartão de memória virtual desejado. As outras opções pode deixar como estão por hora.

Figura 15: Defina as opções do Emulador.

Pronto, depois desses 5 passos, você já tem um ambiente de programação Android completo em seu PC. Aguarde o próximo tutorial. Nele você vai escrever a sua primeira aplicação para Android! E não é o Hello World... :D Clique aqui para acessá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário